Aromaterapia: três formas de aplicação dos Óleos Essenciais

Aprenda algumas formas simples e eficazes de fazer uso dos óleos essenciais no seu dia-a-dia!

Como explicamos anteriormente, a aromaterapia é um tratamento holístico que busca o equilíbrio físico e emocional do indivíduo através do uso terapêutico de óleos essenciais.


Com sua prática cada vez mais difundida, a aromaterapia conta com 3 principais formas de fazer uso dos óleos essenciais. A orientação deve ser dada por seu médico ou terapeuta, mas a aplicação é super simples e pode ser realizada por você mesmo, diariamente, em qualquer lugar.


A seguir, confira as principais formas de fazer uso dos óleos essenciais!


1. Uso Tópico: colocar o óleo essencial em contato com a pele. A sinergia de óleos essenciais estará diluída em uma solução de bases carreadoras, como óleo de amêndoas, óleo de côco e outros - uma vez que o uso contínuo do óleo essencial não diluído pode provocar irritação na pele. A diluição recomendada é de 1% a 5% de óleos essenciais sobre a quantidade total da solução.


  • Aplicação direta: utilização diretamente no local afetado.

  • Massagem: a massagem é uma das principais ferramentas de trabalho dos aromaterapeutas e tem efeito muito eficaz na pele, músculos e tecidos conjuntivos. Promove relaxamento, energização e equilíbrio.

  • Compressas: os óleos essenciais também podem ser aproveitados através de compressas. Basta encher uma bacia com 1L de água quente ou fria e coloque de 3 a 6 gotas do óleo essencial, misture vigorosamente. Mergulhe uma toalha na água e aplique no local desejado por pelo menos 30 minutos.

  • Banhos: uma forma simples, prática e prazerosa de aplicar a aromaterapia e os óleos essenciais. Se for utilizar banheiras, aplique de 3 a 6 gotas. Você também pode diluir os óleos no sabonete líquido, ou utilizar sais de banho com óleos essenciais. Se não tiver banheira em casa, adicione de 3 a 6 gotas de óleo essencial em uma bacia e despeje em seu corpo durante o banho. Como os poros estarão abertos, devido a água quente do chuveiro, o efeito será eficaz.

2. Inalação: é o processo de absorção dos óleos essenciais através da difusão atmosférica.

  • Difusão: a maneira mais simples e efetiva de difundir um óleo essencial no ambiente é com a ajuda de um difusor de aromas. Isso purifica o ar e acaba com bactérias, vírus, fungos e ácaros por conta de suas propriedades antissépticas.

  • Inalação direta: afeta o humor e as emoções. Segure o frasco de óleo essencial próximo ao nariz ou pingue de 1 a 3 gotas nas palmas das mãos. Esfregue uma mão na outra e aproxime a 15 cm do nariz em forma de concha.

  • Colar aromático: coloque de 1 a 3 gotas do óleo essencial em um pedaço de algodão ou tecido, como bola de algodão, lenço de pescoço, toalha ou fronha. Segure perto do rosto e inale. Caso você tenha um colar de aromático, poderá fazer uso desse pedaço de algodão ou tecido dentro do colar.

  • Ventilador: coloque de 3 a 10 gotas em um pedaço de algodão e prenda-o próximo ao ventilador. Ideal para lugares pequenos. Para lugares grandes diluir em álcool e umedecer um pano para colocar no ventilador.

  • Perfume ou colônia: é um ótimo suporte físico e emocional, além de proporcionar um aroma delicioso para o corpo. Basta aplicar as gotas de óleo essencial no pescoço e pulsos, ou simplesmente criar sua própria colônia ao dissolver os óleos essenciais em álcool de cereais ou água destilada.

3. Uso Interno: é o processo de ingestão ou internalização dos óleos essenciais. Os óleos devem estar 100% puros, sem diluição em óleos carreadores.

  • Sublingual: Inserção de gotas de óleo essencial debaixo da língua. Como as mucosas são altamente vascularizadas por capilares sanguíneos e não passam pelo metabolismo do fígado, os óleos entram na corrente sanguínea com muita eficácia.

  • Bebidas: você pode adicionar óleo essencial em bebidas como sucos, leites ou água antes de beber. Agite bem antes de ingerir.

  • Culinária: adicione 3 a 5 gotas de óleo essencial em 100mL de azeite de oliva extra-virgem e adicione nos pratos.

172 visualizações0 comentário