O sabonete que faz mais espuma é o que mais limpa?

A resposta certamente é "não". Entenda no post!


Um dos grandes mitos construídos pela indústria cosmética é que os produtos que geram mais espumas são os que apresentam maior potencial de limpeza.


Durante as últimas décadas, muitas empresas, com o objetivo de alavancar as vendas, incluíram componentes sintéticos em seus produtos. O famoso Lauril Sulfato de Sódio foi um dos principais componentes utilizados para aumentar a quantidade de espuma em sabonetes, detergentes e cremes dentais - e desta forma passar ao consumidor a imagem de que “devido a quantidade de espuma produzida, a remoção de sujeira e resíduos teria maior eficácia”.


Contudo, os consumidores deveriam estar cientes de que, na realidade, os componentes que contribuem para limpeza não têm relação com a espuma em si, mas sim com ingredientes ativos que apresentam ação detergente.

Pouca ou muita espuma, eis a questão.


Segundo o dermatologista Abdo Salomão: “A espuma está relacionada à formação de bolhas de gás que reagem sobre o líquido quando ele é agitado. As bolhas têm relação pequena na remoção da sujeira, principalmente quando se trata de detergentes (e limpadores no geral - incluindo sabões, sabonetes e detergentes sintéticos). A questão da limpeza está relacionada aos ingredientes ativos do produto, não ao fato dele fazer pouca ou muita espuma.”


A espuma produzida pela indústria, além de não apresentar função decisiva, é causadora de diversos prejuízos ao planeta e aos próprios consumidores. A química pode provocar reações alérgicas nos olhos e na pele, e até alterar o bom funcionamento das proteínas e membranas enzimáticas em nosso organismo.


Espuma versus planeta? Nunca!


A especialista Jenifer Fogaça, ao falar sobre a ação do Lauril Sulfato de Sódio sob a natureza, disse que o pior de tudo é que lagos e rios se transformam em depósitos de espuma, o que causa diversos problemas ambientais.

"Neste caso a oxigenação da água fica nula e provoca a morte de peixes e algas. O detergente presente na espuma dissolve a camada de cera que impermeabiliza as penas de aves aquáticas. E essa problemática dificulta a flutuação dos animais".


A AIK Body & Soul tem como base o desenvolvimento sustentável com responsabilidade socioambiental. E pensando nisso, a nossa produção apresenta o menor impacto ambiental possível. Não utilizamos Lauril Sulfato de Sódio em nossa cadeia de produção, buscando proporcionar aos consumidores produtos que tenham em seus principais ingredientes ativos os óleos essenciais e as argilas naturais.

78 visualizações0 comentário